Publicado por: rivermom | outubro 28, 2008

“plástico” que virou comida

Quando traços de melamina foram encontrados em comida de cachorro não dei muita importância pois não temos animais de estimação. Fiquei sim comovida por muitos deles terem perdido seus queridos animais que consideravam como seus prórios filhos. Me coloquei na posição de uma mãe que perde seu filho, sem conseguir perdoar aqueles que maldosamente colocaram a melamina por ganância.

Daí um ano se passou e descobriam melanina, desta vez em leite em pó infantil. Nas regiões pobres da China, pais, na esperança de que o leite em pó fosse mais nutriente que o leite de uma mãe já desnutrida, matou dezenas de crianças inocentes e deixou mais centenas com problemas de saude. Na China, onde o número de filhos élimitado a 1 por familia, o que será desses pais deixados agora sem herdeiros ? É fácil o governo dizer que abre excessão para estas familias, mas repor um filho que morreu por causa da irresponsabilidade e de ganância de outros, não deixa a matemática de 1 filho por familia errar mas o que será do coração dilacerado desses pais ? Foi um extermínio.

O problema do leite parecia um problema local. Longe da maioria dos consumidores do Ocidente e mesmo remoto para os paises vizinhos pois as mortes só foram identificadas nas regiões probres, deixou de ser local quando foi detectado melamina em leite nos supermercados de Hong Kong e Macau.

Foi a partir daí que noticias de melamina em outros produtos começaram a pipocar mundo a fora como uma enorme bola de neve. Toda semana eram descobertos traços do quimico em produtos novos e não só em produtos derivados do leite. Se antes o problema parecia alheio a nossa mesa de jantar, ele veio aos poucos invadindo o nosso dia-a-dia.

Como toda mãe e dona de casa que se preocupa antes de tudo com a saude e boa alimentação das crianças esse assunto firou paranóia. Parece já não haver mais um caminho seguro a seguir. Se hoje o ovo de frango é considerado “limpo”, será só questão de dias para eu abrir o jornal um dia e ver em letras grandes que “Melamina foi encontrada em ovo”. Depois vem o frango, o peixe, a carne bovina, a suína, legumes e a lista de produtos marcados com “melamina” será tão extensa que será impossivel achar algum produto alimentar que não o contenha ! E vão até começar a investigar as embalagens desses produtos, seja plástico, latas de alumínio… Melhor parar por ai, senão vão encontrar melamina até no ar que respiramos. Tudo vira suspeito.

Enquanto isso, na tranquilidade do nosso lar eu continuarei alimentando meus filhos com “plastico” (produto final que usa a melamina como matéia prima). Que tal plástico com gosto de “frango-a-milanesa” no almoço?  “Meu filho, coma o plastico com gosto de espinafre que vai deixar voce tão forte quanto o Popeye!”. Só que não nos devemos esquecer de dizer que o espinafre do Popeye era de verdade, não era feito de plástico !

Não será o “global warming” que irá destruir a humanidade, será a propria humanidade se auto-destruindo por causa da má qualidade da alimentação. As consequêcias são tão assustadoras, para começar, que a geração dos nossos filhos talvez nem possa sobreviver o tanto quanto nós. A realidade é que nós, de gerações pouco anteriores passamos nossa fase de crescimento comendo de uma forma mais saudável que nossos filhos. Não se falava ainda em “globalização” e os produtos que comíamos eram produzidos não muito além da área de consumo. Hoje essa globalização já está tão enrraizada no nosso dia-a-dia que voltar para trás é impossíel.

Eu, particularmente já venho perdendo as esperanças de que o mundo voltará ser o que era, a melamina veio para ficar. Deixaremos que os avanços da medicina nos ajudem algum dia a minimizar seus efeitos negativos no nosso organismo, é o mínimo que posso esperar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: